2 de abr de 2010

A Popularidade Governa

Maciel Junior

Nunca me importei muito com os quem governaram, sempre excedi minha atenção com os governados. É mais um erro condenar o comando político de um país pelas circunstâncias a que este está submerso, porém maior erro é desprovê-lo de responsabilidade. A democracia brasileira (não gosto destas duas palavras juntas) é jovem, porém sem nenhuma jovialidade. São políticos velhos – sem relação à idade – que estão comandando a nação tupiniquim. A cada dois anos o joguinho de escolha se repete. Não deveríamos gostar de jogos. Não sabemos jogar. Nem acompanhamos o resultado.
Tudo o que não era para ser normal virou comum. Os escândalos de corrupção não escandalizam mais ninguém, ao contrário está entretendo. Nem lembro bem qual foi o último escândalo – faz 30 minutos que não olho um site de notícias. E importa sabermos quais são os peculatos mais recentes? Muitas personalidades envolvidas negativamente acabam é conseguindo fama e divulgação grátis. Tanto que em eleições futuras acabam sendo eleitos/reeleitos. Nem as eleições os punem. Somos muitos injustos.
Engraçado este populismo atual do Lula. Brava para todos que não foi ele, que não fez nada, que não sabia... No mínimo um presidente inerte e desinformado. Mas o Lula é adorado, quase uma figura mística para boa parte da população brasileira. Ele possui seus méritos, porém mais visíveis antes de tornar-se Presidente. Fez um bom governo (me desculpe pelo exacerbado exagero – porém pelo histórico de presidentes é um dos melhores, ao menos provocou menos males), foi ajudado de uma bela forma pelos bons ares que ronda a economia Brasileira e a consequente atenção do mundo conosco.
É democracia um presidente usar de seu populismo para impor sem digestão uma candidata a todo um país? Consigo reconhecer a legitimidade da eleição do Presidente Lula, apesar de não identificar bem seus méritos posteriores a isto. Mas não há como reconhecer legitimidade na possível vitória da candidata Dilma se ela continuar com esta postura e dependência exagerada do lulismo.
Não faltam bons candidatos, faltam bons eleitores. Sei que o inverso soaria melhor a quem me ler.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Autocensura News

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

» ver mais notícias no G1
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tv Autocensura

Loading...

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Voltar ao início da página

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.