26 de fev de 2012

O profissional gráfico e suas atividade: Grandes oportunidades na área e dicas de capacitação.

A função do gráfico é parte essencial na comunicação, jornalismo, publicidade, desenvolvimento de produtos e embalagens. No último dia 07 de fervereiro comemorou-se o Dia do Gráfico, um protagonista das mídias e do desenvolvimento econômico. Esta data foi fixada por conta da reivindicação destes profissionais em 07 de fevereiro de 1923 para melhores condições de trabalho e salários mais justos. Foi um movimento muito bem sucedido e marcou a base sindical do país.
Há 20 anos, a indústria gráfica, de modo geral, vem passando por grandes transformações. Trabalhos que antes dependiam muito da atividade manual, hoje estão perfeitamente automatizados. Os trabalhadores neste processo precisaram se adaptar a nova realidade tecnológica e lidar com sistemas cada vez mais informatizados.

A atividade é distribuída por inúmeras ocupações. Os processos gráficos podem ser divididos, basicamente, em três etapas: pré-impressão, impressão e acabamento. Na primeira delas, é realizada a preparação daquilo que será impresso, normalmente desenvolvido com computação gráfica por meio da criação de peças, como anúncios e embalagens – os designers gráficos e tratadores de imagens são os que atuam neste campo.

Na fase de impressão existem diferentes processos. Para grandes volumes, o mais usual em todo o mundo é o chamado offset (“fora do lugar”, que vem do fato da impressão ser indireta, ou seja, a tinta passa por um cilindro intermediário, antes de atingir a superfície), utilizado para produção de jornais e revistas. Nesta divisão, existem os profissionais impressores, que se dividem e se especializam conforme o tipo de maquinário.

Ainda na fase da impressão, existe o processo da flexografia (usa-se tintas líquidas altamente secativas, a base de água, solvente ou curadas por luz UV ou feixe de elétrons), onde operadores devem ter conhecimentos específicos para esta prática. A impressão digital, serigrafia e rotogravura correspondem também a atividades de profissionais distintos.
Já no acabamento, ou pós-impressão, na finalização de um livro, por exemplo, existe a pessoa que opera uma máquina de costura ou uma linha automática de acabamento deste material. No caso de uma embalagem, moldar corretamente é função do operador de corte e vinco.

Mercado de Trabalho

Um novo desafio que a categoria vem enfrentando é o crescimento e a concorrência das mídias digitais. A Internet, e-books e tablets ganham cada vez mais espaço e existe uma grande discussão em como estes recursos eletrônicos impactarão no meio impresso. “Embora a venda de jornais no Brasil continue aumentando ano após ano, acredito que este é um tipo de mídia que pode perder espaço”, opina Manoel Manteigas de Oliveira, diretor técnico da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica e professor do Senai.
O mercado para o profissional gráfico oferece muitas oportunidades. Hoje, há diversas vagas no setor e existem muitas instituições de ensino dedicadas à área. “O Senai, por exemplo, possui várias escolas gráficas distribuídas pelo país e só no estado de São Paulo são quatro. O número de alunos cresce a cada ano, atendendo a uma demanda crescente do mercado”, conta Manteigas.


Fonte: O profissional gráfico e suas atividades | Portal Carreira & Sucesso 

Autor: Caio Lauer





Clique nas imagens abaixo e conheça um pouco mais sobre estes assuntos. Aproveite e faça um curso online sobre Aprenda a Falar em Público e de Marketing Pessoal.

Curso de Photoshop


Curso de Corel Draw 

Curso de Fotografia Digital

Curso de Flash 

24 de fev de 2012

Cartão de Visita Maciel Junior


14 de fev de 2012

Dicas para conseguir uma Promoção, Atividades Complementares e uma Progressão Funcional


Atividades complementares são atividades extracurriculares que possibilitam ao aluno adquirir conhecimentos de interesse para sua formação pessoal e profissional.
Com a volta às aulas nas principais universidades brasileiras, o número de alunos com necessidade de completar horas emAtividades Complementares (também conhecidas como ACO) aumenta consideravelmente.

Todos os cursos do site podem ser utilizados como Atividades Complementares, obedecendo a carga horária de cada um.Veja a lista de cursos e a carga horária de cada um deles. Com mais de 120 mil alunos já qualificados, o Cursos 24 Horas conta com grande prestígio junto às principais Faculdades e Universidades brasileiras.

Confira um vídeo de nossa instituição:

Os certificados dos cursos feitos em nosso site são válidos em todo o Brasil e podem ser utilizados em Faculdades,Universidades, Concursos Públicos, Provas de Título, entre outros.
Há também um grande número de Funcionários Públicos que utilizam os cursos para a Progressão Funcional. Temos planos especiais para atender todos os tipos de alunos, em caso de dúvidas, contate-nos.

Não deixe para a última hora. Matricule-se agora e receba seu certificado em casa, sem custo adicional. Você também pode imprimir uma cópia dele gratuitamente no próprio site assim que o curso for concluído.



Novo Curso Incluído
Introdução ao Raciocínio Lógico - Saiba como desenvolver seu Raciocínio Lógico. Técnicas simples e eficazes que lhe auxiliarão a resolver questões do dia-a-dia.
Curso de Introdução ao Raciocínio Lógico  


Participe de Qualquer Curso e Divulgue seu Currículo


Diariamente recebemos contatos de empresas interessadas em divulgar e ofereceroportunidades de trabalho aos nossos alunos. Ao participar de qualquer curso, você poderá divulgar gratuitamente seu currículo em nosso Banco de Currículos pelo período de 6 meses.

Aproveite, não é sorteio! Basta participar de qualquer curso para poder divulgar gratuitamente seu currículo para dezenas de empresas!




12 de fev de 2012

Dicas para acelerar a sua recolocação profissional

Abaixo, veja quatro dicas que podem facilitar o processo de recolocação profissional.

1- Capriche no currículo
Segundo Rodolfo Ohl, diretor de vendas e operações no Brasil da Monster, empresa de recrutamento e seleção de profissionais, o primeiro passo a ser dado por um executivo que perde o emprego é preparar cautelosamente o currículo. “O profissional precisa se vender como se fosse um produto”, afirma.
Ohl recomenda que se gaste um bom tempo na redação e revisão do currículo. “É bom revisar várias vezes e pedir para outra pessoa ler também”, aconselha o diretor. Como se trata de um profissional com um bom tempo de experiência, a elaboração do documento é crucial. Afinal, a empresa que estiver avaliando o candidato vai querer saber, com detalhes, não só onde ele trabalhou, mas também quais projetos liderou e os seus resultados.
Por esse motivo, como explica Robert Andrade, especialista em recrutamento da Robert Half, empresa especializada em Recursos Humanos, é fundamental que o executivo relate toda a sua trajetória. “Alguém que está há muito tempo em uma empresa, provavelmente, passou por várias funções. É importante que o profissional relate seu crescimento na companhia”, afirma Andrade.
A experiência profissional, em se tratando de executivos, tem um peso maior do que a formação acadêmica. Segundo Andrade, ao contrário de quem está começando, para profissionais mais gabaritados não importa muito a faculdade ou os cursos feitos no passado. “A menos que se trate de algo concluído recentemente, como um MBA”, explica o especialista.


Atualizar com cuidado o currículo também é fundamental para não estragar tudo na hora da entrevista. Andrade conta que os recrutadores sempre perguntam detalhes sobre cada projeto descrito no currículo. Se o executivo mostrar insegurança ou dúvidas ao relatar as atividades, pode parecer que não foi ele o responsável, eliminando qualquer chance de contratação. Ou seja, não adianta rechear o currículo com dezenas de projetos, se não for capaz de detalhar cada um deles diante de um entrevistador.

2- Entregue o currículo nas mãos certas
Elaborado o currículo, o passo seguinte é começar a distribuí-lo. Mais uma vez, o tempo gasto e a dedicação do profissional com a tarefa podem fazer a diferença. Ohl aconselha que o executivo entre em contato com as empresas e envie os currículos com disciplina e horários definidos.
Algumas corporações oferecem, juntamente com os demais direitos que o profissional tem quando é demitido, um serviço especializado de recolocação. Assim, as empresas especializadas na área apresentam o profissional às consultorias de recrutamento, ou mesmo diretamente ao empregador, além de ajudarem na elaboração do currículo e na preparação para entrevista.



3- Use e abuse do seu networking
O executivo desempregado precisa lançar mão de sua rede de contatos para ficar sabendo de oportunidades e se apresentar como candidato. Nesse momento, um diferencial pode ser o quanto o profissional conhece da empresa em que pretende trabalhar. Mostrar que já tem um bom conhecimento da companhia e os motivos pelos quais pretende se juntar a ela é uma boa forma de se destacar. “Personalizar o contato com a empresa causa um bom impacto”, afirma Ohl.





4- Mostre os resultados atingidos e valorize trabalho em equipe
Andrade conta que um erro comum cometido por esse tipo de profissional nas entrevistas é falar mais dos resultados da empresa do que de seu próprio desempenho. “O que importa são as realizações do profissional, e não da empresa”, explica o especialista. Afinal, dos executivos se esperam resultados e é isso que deve ser mostrado em um processo de seleção.
Também é fundamental saber reconhecer o trabalho da equipe. Sempre se deve citar a participação de seus funcionários na descrição de um projeto. Além de indicar humildade e espírito de equipe, mostra que o executivo é um bom líder, capacidade importantíssima para qualquer cargo de diretoria.


E não se preocupe se você foi demitido. “É preciso saber o motivo que leva um profissional a estar desligado do mercado. Algumas empresas preferem contratar quem esteja trabalhando, mas alguém que perdeu o emprego em uma reestruturação não fica desvalorizado”, afirma.
Tudo vai depender, também, da pressa da empresa em contratar. Se o preenchimento da vaga exigir certa urgência, é até melhor procurar alguém com total disponibilidade para começar a trabalhar.




Super Dica:
Clique nas imagens abaixo e conheça um pouco mais sobre estes assuntos. Aproveite e faça um curso online sobre Educação Ambiental e outro sobre Reclicagem e Energias Renováveis.

Curso de Recolocação Profissional  

Curso de Sucesso Profissional 

Conheça alguns de nossos cursos:

9 de fev de 2012

Você dá valor ao seu dinheiro?

Você é do tipo de pessoa que dá valor ao seu dinheiro? Se a resposta for SIM, saiba que deixá-lo simplesmente no banco (na poupança ou em um fundo de investimentos) não é suficiente para atingir uma boa rentabilidade.

Muitas pessoas não sabem, mas ao aplicar em qualquer fundo de investimento, o investidor paga uma série de taxas, tais quais:
- Taxa de Carregamento (no início da aplicação).
- Imposto de Renda sobre os rendimentos.
- Taxa de Administração, descontada todo mês.

Todas essas despesas contribuem para que o dinheiro aplicado não renda o que deveria. O consultor de investimentos Gustavo Cervantes diz que “Em alguns tipos de fundos, a taxa de administração pode variar entre 4% e 6% ao ano. Somando a taxa de carregamento e IR, essas taxas podem chegar a 15% ao ano. Em uma aplicação de 10 mil reais, isto representa mais de R$ 1500,00 a menos no bolso do investidor todos os anos“.

O que muitos não sabem é que é muito simples se livrar dessas taxas. Se você tem o perfil conservador e prefere a Renda Fixa, os Títulos Públicos possuem a melhor rentabilidade, sem taxa de administração nem carregamento.
Ao aplicar diretamente na Bolsa deValores, também é possível obter grande rentabilidade sem cobrança de taxa de administração, carregamento e até mesmo sem imposto de renda (para aplicações de até R$ 20 mil). Apenas para exemplificar, um investidor que aplicasse R$ 10.000 na empresa Vale do Rio Doce no ano de 2006, poderia sacar hoje aproximadamente R$ 100.000.

“Se a bolsa continuar apresentando o desempenho dos últimos 5 anos, teremos milhares de brasileiros em situação financeira muito confortável simplesmente por causa do dinheiro aplicado na bolsa”, afirma Gustavo. “E não basta jogar o dinheiro em um fundo de ações, pois a taxa de administração consome boa parte da rentabilidade”, completa o consultor.

Curso “Aprendaa Investir na Bolsa” mostra de forma simples como iniciar sua aplicação na Bolsa deValores. Saiba como identificar as ações mais promissoras no curto, médio e longo prazo. Você terá apoio de um tutor para tirar dúvidas, pedir dicas, etc. Aprenda também o que são e como aplicar nos TítulosPúblicos.

Se você dá valor ao seu dinheiro, não deixe-o na mão de bancos que acabam com sua rentabilidade. Tenha controle sobre os seus investimentos. O resultado será sentido no seu bolso!
“(…) O processo para investir é mais simples do que as pessoas imaginam.”, finaliza o consultor Gustavo Cervantes.


Super Dica:
Clique nas imagens abaixo e conheça um pouco mais sobre estes assuntos. Aproveite e faça um curso online sobre Educação Ambiental e outro sobre Reclicagem e Energias Renováveis.

Curso Aprenda a Investir na Bolsa de Valores 

Curso de Finanças Pessoais 
Conheça alguns de nossos cursos:



Cursos Online 24 Horas

Autocensura News

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

» ver mais notícias no G1
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tv Autocensura

Loading...

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Voltar ao início da página

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.