12 de fev de 2012

Dicas para acelerar a sua recolocação profissional

Abaixo, veja quatro dicas que podem facilitar o processo de recolocação profissional.

1- Capriche no currículo
Segundo Rodolfo Ohl, diretor de vendas e operações no Brasil da Monster, empresa de recrutamento e seleção de profissionais, o primeiro passo a ser dado por um executivo que perde o emprego é preparar cautelosamente o currículo. “O profissional precisa se vender como se fosse um produto”, afirma.
Ohl recomenda que se gaste um bom tempo na redação e revisão do currículo. “É bom revisar várias vezes e pedir para outra pessoa ler também”, aconselha o diretor. Como se trata de um profissional com um bom tempo de experiência, a elaboração do documento é crucial. Afinal, a empresa que estiver avaliando o candidato vai querer saber, com detalhes, não só onde ele trabalhou, mas também quais projetos liderou e os seus resultados.
Por esse motivo, como explica Robert Andrade, especialista em recrutamento da Robert Half, empresa especializada em Recursos Humanos, é fundamental que o executivo relate toda a sua trajetória. “Alguém que está há muito tempo em uma empresa, provavelmente, passou por várias funções. É importante que o profissional relate seu crescimento na companhia”, afirma Andrade.
A experiência profissional, em se tratando de executivos, tem um peso maior do que a formação acadêmica. Segundo Andrade, ao contrário de quem está começando, para profissionais mais gabaritados não importa muito a faculdade ou os cursos feitos no passado. “A menos que se trate de algo concluído recentemente, como um MBA”, explica o especialista.


Atualizar com cuidado o currículo também é fundamental para não estragar tudo na hora da entrevista. Andrade conta que os recrutadores sempre perguntam detalhes sobre cada projeto descrito no currículo. Se o executivo mostrar insegurança ou dúvidas ao relatar as atividades, pode parecer que não foi ele o responsável, eliminando qualquer chance de contratação. Ou seja, não adianta rechear o currículo com dezenas de projetos, se não for capaz de detalhar cada um deles diante de um entrevistador.

2- Entregue o currículo nas mãos certas
Elaborado o currículo, o passo seguinte é começar a distribuí-lo. Mais uma vez, o tempo gasto e a dedicação do profissional com a tarefa podem fazer a diferença. Ohl aconselha que o executivo entre em contato com as empresas e envie os currículos com disciplina e horários definidos.
Algumas corporações oferecem, juntamente com os demais direitos que o profissional tem quando é demitido, um serviço especializado de recolocação. Assim, as empresas especializadas na área apresentam o profissional às consultorias de recrutamento, ou mesmo diretamente ao empregador, além de ajudarem na elaboração do currículo e na preparação para entrevista.



3- Use e abuse do seu networking
O executivo desempregado precisa lançar mão de sua rede de contatos para ficar sabendo de oportunidades e se apresentar como candidato. Nesse momento, um diferencial pode ser o quanto o profissional conhece da empresa em que pretende trabalhar. Mostrar que já tem um bom conhecimento da companhia e os motivos pelos quais pretende se juntar a ela é uma boa forma de se destacar. “Personalizar o contato com a empresa causa um bom impacto”, afirma Ohl.





4- Mostre os resultados atingidos e valorize trabalho em equipe
Andrade conta que um erro comum cometido por esse tipo de profissional nas entrevistas é falar mais dos resultados da empresa do que de seu próprio desempenho. “O que importa são as realizações do profissional, e não da empresa”, explica o especialista. Afinal, dos executivos se esperam resultados e é isso que deve ser mostrado em um processo de seleção.
Também é fundamental saber reconhecer o trabalho da equipe. Sempre se deve citar a participação de seus funcionários na descrição de um projeto. Além de indicar humildade e espírito de equipe, mostra que o executivo é um bom líder, capacidade importantíssima para qualquer cargo de diretoria.


E não se preocupe se você foi demitido. “É preciso saber o motivo que leva um profissional a estar desligado do mercado. Algumas empresas preferem contratar quem esteja trabalhando, mas alguém que perdeu o emprego em uma reestruturação não fica desvalorizado”, afirma.
Tudo vai depender, também, da pressa da empresa em contratar. Se o preenchimento da vaga exigir certa urgência, é até melhor procurar alguém com total disponibilidade para começar a trabalhar.




Super Dica:
Clique nas imagens abaixo e conheça um pouco mais sobre estes assuntos. Aproveite e faça um curso online sobre Educação Ambiental e outro sobre Reclicagem e Energias Renováveis.

Curso de Recolocação Profissional  

Curso de Sucesso Profissional 

Conheça alguns de nossos cursos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Autocensura News

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

» ver mais notícias no G1
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tv Autocensura

Loading...

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Voltar ao início da página

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.